Artículos de opinión

Feminismo campesino

Brigitte Baptiste

Martes, 26 Septiembre 2017

Tipnis = Agua

ELIZABETH VARGAS SOLÁ

Domingo, 17 Septiembre 2017

Envíe su artículo

Posts @IPDRS

Nesta sexta-feira (03), a Juventude Sem Terra e a Frente Brasil Popular realizaram escrachos na sede da RBS, filial a rede Globo de Santa Catarina, em Florianópolis, em defesa da Democracia e contra o golpe.

“O povo não é bobo, abaixo a rede globo! Mídia, golpista, sensacionalista! Democratize Já!…” Foram algumas das mensagens que deram o tom das denúncias que nortearam as palavras de ordem, intervenções artísticas, lambe-lambes, músicas e batucadas.

A juventude denuncia uma das responsáveis por patrocinar o golpe no Brasil, a “Rede Globo” como o símbolo do golpismo e do sensacionalismo seletivo da mídia burguesa, além de fazer memória ao seu papel histórico de articuladora de golpes, como o militar de 64, e o empresarial institucional, atualmente em curso no Brasil.

Para a juventude, este espaço é também de aprendizado, pois eles sentem no dia-a-dia como a mídia usa a classe trabalhadora. “A atividade foi produtiva, conseguindo expor o sentimento do povo oprimido”, disse um dos jovens que participaram.

Com gritos de ordens de Fora Temer, os jovens também se posicionaram contra este governo golpista, que vem tirando o direito dos trabalhadores, da educação pública e a participação social nas políticas publicas da educação.

“A juventude não aceita que seja rasgada a constituição, e vamos continuar na luta pelos direitos e contra o golpe”, gritava a juventude durante o ato.

Escribir un comentario


Código de seguridad
Refescar