Posts @IPDRS

Os governos dos países que integram o Mercosul (Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai) vão constituir fundo de R$ 100 milhões para apoiar as iniciativas de fortalecimento da agricultura familiar. A medida foi aprovada hoje (18), durante a instalação da 4ª Reunião Especializada sobre Agricultura Familiar no Mercosul (Reaf), com a assinatura de protocolo pelos países-membros.

O fundo será formado por recursos desses países e dinheiro será destinado a projetos de desenvolvimento da agricultura familiar apresentados por eles, de acordo com o interesse interno de produção.

Durante o evento, também foi assinada portaria incluindo os países do Continente Africano, no Programa Mais Alimentos, do governo brasileiro, para a concessão de financiamentos destinado à aquisição de máquinas e implementos para agricultores africanos.

A medida foi referendada ontem (17) durante reunião da Câmara de Comércio Exterior (Camex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Gana e Zimbábue serão os primeiros beneficiados, mas os empréstimos também poderão ser concedidos a outros países africanos.

Os documentos foram assinados pelos ministros do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Márcia Lopes, e pelos representantes da área agrícola dos países reunidos em Brasília.

A agricultura familiar conta com 5 milhões de unidades produtivas nos países do Mercosul. Na abertura do encontro, foi discutida a ampliação de interlocução do bloco com a África e países pobres da Ásia para a criação de estratégias de combate à fome.

Escribir un comentario


Código de seguridad
Refescar